Inicialmente, esta aula aborda as primeiras civilizações históricas, cujo desenvolvimento é diretamente sequencial ao processo que se instala a partir da descoberta da agricultura.

Dessa forma, o estudo dos povos do Antigo Oriente limita-se aqui a seus aspectos mais decisivos, essencialmente conceituais.

Assim, é dada uma abordagem que tem como elemento essencial alguns conceitos, tais como agricultura de regadio, impérios teocráticos ou, no caso dos fenícios, o comércio, sem maiores preocupações com o detalhamento da evolução cronológica dessas civilizações.

Nesse momento, a preocupação está na elaboração desses conceitos em uma análise da evolução histórica no Egito e nos vários povos da Mesopotâmia.

Atente aos seguintes temas:

  • conceito e características do modo de produção asiático
  • conceito de teocracia
  • evolução histórica do Egito e dos povos da Mesopotâmia
    a formação de grandes impérios como forma de ampliar as possibilidades econômicas
  • contribuições culturais dos egípcios e dos povos me-
    sopotâmicos

Delimitação do tema

A. Compreende as primeiras civilizações da história, englobando Egito, Mesopotâmia, Fenícia, Palestina e o império Persa, na região conhecida como Crescente Fértil.


Economia: O modo de produção asiático


A. A agricultura de regadio (agricultura dependente dos rios e das obras hidráulicas de controle sobre o curso de grandes rios: diques, canais, valos de irrigação etc.).
B . O Estado como proprietário dos meios de produção.
C. As comunidades de aldeia.

  1. ocupação de uma terra que pertence ao Estado, delas tirando sua sobrevivência.
  2. tributos ao Estado: a entrega do excedente da produção e a cessão de trabalhadores para obras realizadas pelo Estado.
  3. servidão como condição básica de trabalho.

D. A nobreza e a camada sacerdotal como segmentos privilegiados.

E. Os fenícios.
1. comércio marítimo como atividade básica.

A sociedade


A. O caráter estamental e a rígida hierarquia.
B . O papel dominante da nobreza e do clero.
C. Os fenícios.
1. relativa mobilidade social, fruto da existência de uma economia mercantil.

Organização política

A. A forma política inicial cidades-estado.

B. A tendência à centralização.

  1. necessidade de controle sobre uma grande extensão de terra e sobre as águas.
  2. estreita relação entre poder político e religião.
  3. Estado como condição que garantia a realização das grandes obras hidráulicas de controle sobre as águas: a formação dos impérios teocráticos de regadio.

C. Os fenícios.

  1. ausência de centralização: organização sob a forma de cidades-estado.

Aspectos culturais

A. A religião como elemento definidor dos principais elementos culturais.

1 . cultura teocêntrica: mais marcante no Egito, mas presente em todos esses povos.

B. A importância das necessidades práticas de sobrevivência como outro elemento definidor das realizações culturais.

1 . Exemplos: o desenvolvimento da astronomia, da matemática, da medicina, das técnicas de engenharia, o surgimento do alfabeto fonético entre os fenícios, e t c .

Baixe Simulado ENEM Em PDF Com 90 Questões Comentadas Passo a Passo!

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!